TRF-1 isenta trading de recolher Funrural após decisão do STF

TRF-1 isenta trading de recolher Funrural após decisão do STF

 

Depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar a favor do fim da cobrança do Funrural sobre as exportações indiretas do agronegócio, o Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, em Brasília, emitiu a primeira decisão com base no novo entendimento nessa quarta-feira.

O desembargador Novély Vilanova da Silva Reis, relator de um processo da Agroexport Trading e Agronegócio S/A, autorizou a companhia a não realizar a retenção do Funrural das mercadorias que serão exportadas.

Segundo o advogado Eduardo Diamantino, que representa a trading na ação, a decisão é importante porque altera o posicionamento da segunda instância sobre o assunto. Antes, o TRF da 1ª. Região não tinha posicionamento firmado sobre a matéria.

Sócio da Diamantino Advogados e vice-presidente da Academia Brasileira de Direito Tributário (ABDT), o  advogado disse que “a decisão repete o posicionamento do STF que determinou a desoneração das contribuições sobre exportação. Agora, o setor está livre desse encargo. Quem recolheu tem direito a restituir o que pagou”

27/02/2020

Outras Notícias

As ilegalidades contidas na Súmula 450 do Tribunal Superior do Trabalho
Advogados especializados criticam mudanças da nova Lei de Falências
Edital RFB de Transação por Adesão nº 1, DE 2020
Fique Sempre Por dentro
Cadastre-se na nossa newsletter
powered by Logo