Receita Federal obriga municípios a contratar laudo para a definição do VTN

Receita Federal obriga municípios a contratar laudo para a definição do VTN

A partir da edição da IN RFB nº 1.877/2019, as informações prestadas pelos municípios à Receita Federal sobre o valor da terra nua (VTN) deverão ter lastro em laudo técnico emitido por profissional legalmente habilitado, com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Isso significa, na prática, que o município que descumprir com essa obrigação estará sujeito à denúncia do convênio existente com a Receita Federal e, por consequência, poderá perder o direto de arrecadar o ITR.

É importante destacar que os laudos contratados pelas municipalidades deverão informar um VTN/ha médio para cada enquadramento de aptidão agrícola disposto na instrução normativa, no total de seis, a saber: a) lavoura de aptidão boa; b) lavoura de aptidão regular; c) lavoura de aptidão restrita; d) pastagem plantada; e) silvicultura ou pastagem natural; e f) área de preservação de fauna ou flora.

Ainda, embora não se estabeleça isso nessa instrução normativa, é recomendável que os municípios exijam dos profissionais contratados que os laudos sejam elaborados de acordo com a NBR 14.653, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Outras Notícias

As ilegalidades contidas na Súmula 450 do Tribunal Superior do Trabalho
Advogados especializados criticam mudanças da nova Lei de Falências
Edital RFB de Transação por Adesão nº 1, DE 2020
Fique Sempre Por dentro
Cadastre-se na nossa newsletter
powered by Logo