O abono de um terço das férias é tributado?

O abono de um terço das férias é tributado?

1 – O abono de um terço das férias é tributado? Recebi informe de rendimentos da empresa e consta o total recebido, inclusive férias. Porém, esse abono não deveria vir em rendimentos isentos e não tributáveis? G.V.
O abono de um terço das férias não é rendimento isento. O valor aparecerá somado ao total de rendimentos tributáveis recebidos durante o ano no informe fornecido pela empresa. A isenção do IR se aplica apenas sobre o valor recebido pelos dez dias de férias vendidos, chamado de abono pecuniário

2 – Aluguei um apartamento em 2017. Paguei o aluguel à proprietária, o IPTU à prefeitura e o condomínio à administradora. Como devo declarar isso à Receita? E.V.
O valor pago referente ao aluguel deve ser declarado na ficha "Pagamentos efetuados", com o código 70, informando o nome completo e CPF ou CNPJ de quem recebeu. Já as despesas com IPTU e condomínio não precisam ser declaradas, pois não integram o rol previsto na legislação. Vale lembrar que a despesa com aluguel não vai gerar dedução do imposto a pagar

3 – No ano passado, vendi uma casa que recebi de herança em 2016. Estou sujeito a pagar IR? N.D.M.
Inicialmente deve calcular se houve ganho de capital na operação. O ganho é a diferença entre o valor constante da ficha "Bens e Direitos" e o valor da venda. Esse lucro é isento se o valor recebido for inferior a R$ 35 mil ou a R$ 440 mil, caso seja o único imóvel do contribuinte e desde que ele não tenha feito nenhuma venda desse tipo nos últimos cinco anos. A isenção também vale se a grana se for usada integralmente para a compra de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias. Caso não se encaixe em nenhuma dessas situações, deve fazer o cálculo do imposto a pagar no programa GCAP2017

Fontes: advogado tributarista Cláudio Lopes Cardoso Júnior, presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Marcia Ruiz Alcazar, IOA Sage Brasil e reportagem

Outras Notícias

As ilegalidades contidas na Súmula 450 do Tribunal Superior do Trabalho
Advogados especializados criticam mudanças da nova Lei de Falências
Edital RFB de Transação por Adesão nº 1, DE 2020
Fique Sempre Por dentro
Cadastre-se na nossa newsletter
powered by Logo