CVM consolida regras sobre oferta pública de notas promissórias

CVM consolida regras sobre oferta pública de notas promissórias

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) editou a Instrução 566 — que consolida as regras para oferta pública de notas promissórias.

O objetivo é tornar o mercado de capitais acessível às sociedades limitadas, possibilitando maior facilidade na captação de recursos.

A inovação é em relação ao prazo de vencimento, pois, desde que sejam objeto de oferta pública e tenham a presença de um agente fiduciário, as notas promissórias poderão ser emitidas com vencimento superior a 360 dias se ofertadas a investidores profissionais e negociadas entre investidores qualificados.

O que se espera, em tempos de escassez de recursos, é incentivar a entrada de novas empresas no mercado de capitais. 

Outras Notícias

A limitação do voto de qualidade no CARF
MP do Contribuinte Legal pode ter consequências adversas a contribuintes
STJ decide pela devolução de parte dos valores pagos por produtores no Plano Collor
Fique Sempre Por dentro
Cadastre-se na nossa newsletter
powered by Logo