CVM consolida regras sobre oferta pública de notas promissórias

CVM consolida regras sobre oferta pública de notas promissórias

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) editou a Instrução 566 — que consolida as regras para oferta pública de notas promissórias.

O objetivo é tornar o mercado de capitais acessível às sociedades limitadas, possibilitando maior facilidade na captação de recursos.

A inovação é em relação ao prazo de vencimento, pois, desde que sejam objeto de oferta pública e tenham a presença de um agente fiduciário, as notas promissórias poderão ser emitidas com vencimento superior a 360 dias se ofertadas a investidores profissionais e negociadas entre investidores qualificados.

O que se espera, em tempos de escassez de recursos, é incentivar a entrada de novas empresas no mercado de capitais. 

Outras Notícias

As ilegalidades contidas na Súmula 450 do Tribunal Superior do Trabalho
Advogados especializados criticam mudanças da nova Lei de Falências
Edital RFB de Transação por Adesão nº 1, DE 2020
Fique Sempre Por dentro
Cadastre-se na nossa newsletter
powered by Logo