Regras sobre certidões de dívida ativa da União são alteradas

Regras sobre certidões de dívida ativa da União são alteradas

O Diário Oficial da União publicou, em 6/6/2014, a Portaria da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional  429/2014, que disciplina o protesto extrajudicial pela inadimplência de certidões de dívida ativa da União ou do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

As certidões de dívida ativa da União e do FGTS, de valor consolidado em até R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), que não forem pagas, serão encaminhadas para protesto extrajudicial no domicílio do devedor.

Após o protesto, o pagamento pelo devedor se dará junto ao Tabelionato de Protesto, que deverá recolher as custas e os emolumentos cartorário para retirada do protesto.

Outras Notícias

As ilegalidades contidas na Súmula 450 do Tribunal Superior do Trabalho
Advogados especializados criticam mudanças da nova Lei de Falências
Edital RFB de Transação por Adesão nº 1, DE 2020
Fique Sempre Por dentro
Cadastre-se na nossa newsletter
powered by Logo